14 ago

Como começar uma revenda de roupas do zero (+Viver de Roupas de Bebê)

Quais são os melhores caminhos para se começar qualquer negócio do zero?

Certamente revendendo produtos ou serviços de terceiros, correto?

Sim, está é a melhor forma de começar do zero um negócio promissor, seja ele de revenda de roupas, perfumes como catálogos da revista boticario, peças intimas e entre outros itens de consumo.

Encontrando roupas para revender em consignação

vender em consignação roupas diversas

Antes de apresentar algumas boas páginas de referência com roupas em consignação, gostaria que você soubesse que está pratica é realizada com sucesso a bastante tempo, como por exemplo, pelo empresário Silvio Santos.

Isso mesmo, o dono da emissora SBT começou revendendo canetas em consignação!

Mas assim como Silvio Santos, você deve encarrar essa atividade como provisória, investindo praticamente todo o dinheiro dos lucros dos consignados em produtos próprios, porque só assim sua margem de lucro começará a ser atraente e você será independente de qualquer empresa.

Efeito bola de neve

Se você tiver disciplina, verá rapidamente seus resultados crescerem em efeito bola de neve rapidamente.

No começo é difícil ver dinheiro entrando e não usufruir destes lucros, como em lazer ou outros itens desnecessários.

Mas tenha em mente que logo o jogo mudará e se você olhar para trás, deve perceber que sua situação já se encontra bem melhor que até bem pouco tempo.

Roupas, Bijuterias e moda intima para revenda

Certamente esses são os melhores itens para você começar a sua revenda por consignação!

Na página Autônomo Brasil você encontra diversas oportunidades para revenda, acesse: www.autonomobrasil.com, em destaque você encontrará roupas para revender em consignação e como comprar roupas evangélicas direto da fabrica logo na primeira página do blog.

Veja como inovar revendendo roupas

Imagine criar um espaço em sua própria casa a fim de atender suas clientes!

Sim, foi isso que a empreendedora do vídeo abaixo realizou. Se você parar para analisar é uma boa oportunidade, porque você passa não gastar com alugueis, caso você fosse montar uma loja de roupas, ou se no caso você optar pela venda como sacoleira seus esforços e custos também serão altos.

Trabalhando em casa, essa empreendedora passa a ser mais criativa e produtiva, seu único e exclusivo trabalho é de criar inovações a fim de crescer ainda mais.

A empresária conta que apôs essa simples inovação, seu negócio cresceu instantaneamente quase que 50%.

A empreendedora conta que fatura cerca de R$2.000 e já pensa em uma breve expansão de seus negócios.

Convido você assistir esse curto vídeo, porque certamente servirá de inspiração para sua revenda de roupas ou qualquer que seja o produto que você escolher trabalhar.

Blogueiras dão dicas sobre roupas de bebê

revenda de enxovais de bebe

Poderia uma garota viver apenas de publicações em uma página na internet, ou seja, sendo uma blogueira a tempo integral.

Pois bem, Daniela passou a se dedicar a esta atividade a poucos menos de 02 anos, e já tem um lucro líquido superior a 05 salários anteriores a sua antiga profissão tradicional (administradora).

E tudo começou com a chegada de seu primeiro bebê, onde a partir de uma simples pesquisa, ao qual Daniela percebeu uma enorme carência de informações publicadas na rede, ela começou a publicar dicas para outras mamães sobre suas experiências.

Como Daniela ajuda outras mães com roupas de bebê

Surpresa ou planejado, a vinda de um bebê é, sem dúvida, um dos momentos mais especiais na vida de um casal. Para aqueles de primeira viagem, são inúmeras as dúvidas sobre o que comprar.

Com a ajuda da internet é possível saber, através de outras mães blogueiras, dicas de cuidados e de como poupar! Afinal, seu bebê vai se desenvolver rapidamente nos primeiros meses: isso significa que muitas roupinhas vão deixar de servir rapidamente logo nos primeiros meses.

Assim, é preciso economizar para que você invista nas fraldas, que serão muito necessárias! Por isso, a principal dica dada por muitas blogueiras é comprar roupinhas no atacado.

Muitas peças são mais importantes nos primeiros meses do que nos próximos. Comprá-las em grande quantidade ajuda a não faltar na gaveta – e recém-nascidos costumam sujar muito as pecinhas.

Indispensáveis para todos os bebês

#Tip-top: esta é uma peça indispensável nos primeiros meses, para usar por baixo da roupa.

#Macacão: os macacões são uma Fofura e, como há muita troca de roupa nos bebês, faz-se necessário investir neles.

#Fraldas: elas serão o braço direito e estarão sempre a postos para você. Invista nelas!

Muitas peças de baixo são vendidas a preços incríveis no atacado. Muitas blogueiras que são mães também revendem peças a preço de custo, ajudando as futuras mamães a economizar.

Roupas no atacado

A compra de roupas de bebê no atacado, em geral, precisa que tenha um valor mínimo, ou seja: é preciso adquirir um número X de peças a fim de que dê este valor mínimo. Isso porque o atacado privilegia lojistas.

Se você não possui CNPJ, pode realizar as compras através de sites e blogueiras que revendam peças de bebê.

Vale a pena, pois o desconto é maior, tendo em vista que lojas especializadas pedem preços altos por pecinhas que seu bebê usará tão pouco. Depois que você escolher as peças, verá que há vantagens em comprar roupas para bebê no atacado.

Procure as dicas e fique atenta nas comprinhas, para que as roupas sejam de qualidade e confortáveis para seu bebê. Ele merece todo o carinho e vai valer a pena todos os esforços!

Vídeo | Dicas para organizar o guarda roupa do bebê

Leia também:

Como surgiu a marca de camisas Dudalina

26 jan

Exaustores de churrasqueira podem evitar câncer

Este não é nenhum artigo sensacionalista, longe disto, este conteúdo serve para alertá-lo sobre os malefícios que a fumaça de churrasco pode causar.

Convido que se você apôs ler, compartilhe com seus amigos!

Sim aquela fumaça gostosa de fogão de lenha e até mesmo a de churrasco pode causar câncer na boca.

Esse é o laudo de uma investigação científica realizada por um dos mais respeitados oncologistas do país, o diretor Luiz Paulo Kowalski, que comanda a area de cirurgia de cabeça e pescoço do Hospital de Câncer A.C. Camargo, um dos maiores especialistas da Faculdade de Medicina da USP é uma das principais autoridades mundiais em câncer de boca, com diversos artigo no Brasil e mundo a fora.

O exaustor para churrasqueira é importante, mas…

exaustão de churrasqueiras

Querendo ou não é importante também ter boas práticas para se ter uma carne extremamente bem assada.

Neste próximo artigo que estou deixando link de referência, a nutricionista Thatyana Freitas alerta: “a pesquisa e conclusão é realizada justamente com as carnes vermelhas, porque elas são assadas geralmente em churrasco ou em chapa”.

Para não abrir mão do prazer da carne grelhada, e manter todo o cuidado com a saúde, o nutrólogo dá uma dica. “Se possível é importante deixar a carne bem longe do carvão.

Nos Estados Unidos a tradição é deixar a carne bem próxima ao carvão. Isso é terrível para saúde. O recomendado é que a carne se mantenha a 50, 80 cm do fogo. Vai demorar um pouco mais para assar, mas sua saúde agradece!

Exaustor caseiro passo a passo

Está sem dinheiro para investir em um exaustor neste momento? Que tal fazer você mesmo o seu? Ta achando que é difícil?

Veja a solução completa abaixo:

Empresa especializadas em exaustão de churrasqueiras

Neste próximo vídeo veja uma solução completa para seu churrasco de fins de semana.

Sim ficará um pouco mais caro, mas a longo prazo sua saúde agradece!

Conclusão

Acesse a página especializada www.exaustoresbrasil.com e encontre diversas empresas do segmento para você fazer um orçamento completo em exaustor para churrasqueira e também para linha completa de exaustores residenciais.

E não se esqueça! Quando tudo já estiver instalado e em funcionamento a todo vapor, se lembre de nossa pequena contribuição e nos convide para seu churrasco comemorativo rsrs.

Brincadeiras à parte, desejo a você muito sucesso!

14 set

[Empreendedorismo] Veja como por engano as camisas e a Marca Dudalina surgiram!

Sim você não leu o título errado! Sim, a empresa Dudalina assim como suas camisas surgiram por engano.

Bem verdade que um conjunto de fatores levam a criação de uma empresa, mas neste caso, foi mesmo por engano, descuido ou como melhor você queira interpretar.

Tudo se inicia com um sonho (e o sonho não tinha nada a ver com a Dudalina…pelo menos ainda)

Em meados de 1950 um casal apaixonado tem um sonho de vida, ter 20 filhos em seu casamento e para isso gostariam de ter seu próprio negócio, para assim ter seus filhos trabalhando em harmonia e união.

Bem verdade que nada disso aconteceu durante os anos seguintes da marca Dudalina, mas, continue lendo que iremos chegar lá.

E com esse desejo os dois resolvem investir em um comercio onde se vendia de tudo um pouco, desde panelas, ovos e remédios.

Pode parecer estranho, mas, naquela época este tipo de comercio era comum, talvez ou muito provavelmente, tenha vindo daí a ideia de supermercados ou hipermercados.

O comercio ia de vento em polpa e os filhos também iam chegando, ano apôs ano e, na sétima gravidez de dona Adelina, já quase para ganhar o bebê, a mesma se ausenta do dia a dia do comércio e em breve seu Duda, cometeria um erro que mudaria para sempre os rumos de suas vidas para sempre.

Por um erro a Marca Dudalina iria nascer

história da marca Dudalina

Como dona Adelina estava fora dos negócios por um tempo, seu Duda sai para fazer as compras de reposição de estoque e, em uma dessas compras ele foi iludido por um de seus fornecedores a comprar um lote muito grande de tecidos para vender em sua loja.

Tudo parecia bem e parecia ser um lucrativo negócio, mas, apôs comprar o tecido seu Duda constatou que o mesmo não vendia nem sequer meio metro em meses que estava ali.

Seu Duda até tentou negociar com fornecedores aquele tecido encalhado e quase mofando em seu estabelecimento, mas, nada parecia dar certo, sempre havia um entrave nas negociações que impedia a venda.

Foi então que dona Adelina apôs retornar de sua gestação, resolve aprender a costurar profissionalmente e criar camisas masculinas.

Foram alguns meses até o domínio total do curso de corte e costura, mas, aquela mulher era determinada e viu ali uma oportunidade e tanto de negócios para conseguir criar com conforto seus filhos.

A marca Dudalina teve muito sucesso e com isso um desejo nascia

Apôs grande sucesso a marca necessitava de um nome comercial. Com a junção do nome Duda e Adelina os dois criaram a marca Dudalina.

E junto com a criação desta grande marca nascia um grande desejo da fundadora. Ter seus filhos bem-criados e com união nos negócios da família.

A meta de filhos era 20, você se lembra que comentamos no começo do artigo?

Por pouco o casal não chegou lá, foram 16 filhos e como também comentamos no início do artigo, o desejo de dona Adelina não foi cumprido, porque infelizmente a desunião entre os irmãos por diferentes pontos de mudança da empresa e também por poder se alastrou por anos.

Sônia Hess, a filha que mudaria para sempre os negócios

Assumindo a presidência da Dudalina em 2003, Sônia Hess tinha muitos sonhos e um deles seria de transformar aquela marca tradicional de camisas masculinas, onde a marca era consolidada e tinha muito domínio dos processos, em uma marca também de camisas femininas Dudalina.

Foram muitas conquistas, incluindo o aumento de mais de 30% no faturamento com sua gestão, incluindo em 2010 a realização de seu sonho, o lançamento da coleção de camisas femininas sociais Dudalina.

Em 2011 a coleção feminina vira a queridinha das executivas

Junto a sua equipe de marketing, Sônia desenvolveu uma estratégia criativa de divulgação e fez questão de enviar pessoalmente uma camisa social da Dudalina, para diversas apresentadoras de televisão e artistas famosas.

O objetivo disto todos sabemos e entendemos o porquê!

Sendo assim a estratégia da Dudalina teve muito sucesso, onde apresentadoras como Ana Paula Padrão e Fátima Bernardes, apareceram diversas vezes em horário nobre vestindo a marca.

Em 2013 a Dudalina é vendida para um grande grupo americano

grupo compra a dudalina

Entendemos que uma grande empresa possui duas fases em seu percurso de sucesso:

– A primeira fase está ligada a comprar sua concorrência nacional, ficando cada vez mais forte com um portfólio rico em marcas de qualidade.

– A segunda fase está ligada ao pico de sucesso da empresa, onde a partir daí a marca e concorrida para ser comprada por um grande grupo de investidores estrangeiros que desejam dominar o mercado, porque já possuem várias outras empresas do mesmo segmento em seu portfólio.

Você pode se perguntar, e se a Dudalina se negasse a vender a empresa?

Bem simples, a concorrência estrangeira iria começar a comprar outras empresas concorrentes no Brasil e, a briga seria muito desleal comparada a outras moedas como o dólar e o euro.

Bem verdade que os executivos da Dudalina não a negociariam a empresa a troco de banana, onde diversos fatores e cálculos de faturamento e lucro são considerados para definir o preço justo de venda.

Sendo assim Sônia Hess presidenta na época, resolveu vender a Dudalina, considerando também os diversos desentendimentos entre alguns de seus irmãos, que sempre discordavam de tudo, incluindo estratégias de marketing e crescimento.

Outro fator que pesou para a decisão de venda, foi o desejo que sua mãe tinha de ver a família em harmonia e não brigando por tudo como estavam.

Em 2014 a Dudalina se junta a Restoque

Apôs a concluir a compra da Dudalina, o grupo americano realizou a fusão de marcas com a empresa Restoque S/A, que também é dona das marcas Rosa Chá, Le Lis Blan e entre outras famosas.

Vídeo Institucional

Mais que uma simples produção de camisas! Ao todo o processo de uma única peça chega a passar por mais de 40 mãos diferentes, que tem o objetivo de garantir toda a qualidade que a Dudalina conquistou ao longo dos anos.

Rui Hess – Conta curiosidades da criação da empresa

Filho dos fundadores e também executivo da Dudalina, Rui Hess, conta neste vídeo algumas curiosidades sobre seus pais e também sobre como a marca chegou onde chegou até hoje.